Destaques Matérias

Super Sentai | Os Erros e os acertos da Toei ao longo dos anos (Parte II)

12:21:00Redação


Um pouco mais de quinze dias atrás, falamos um pouco sobre alguns elementos e características que a Toei usou nos Sentais e que não me agradaram. Em resumo, uma lista de coisas que não quero no próximo Sentai.

Por Charles William Kruger

Leia a primeira parte da matéria, clicando aqui.

Agora, vamos ao outro lado da moeda. Os acertos que precisam ser mantidosou reaparecer.

Episódios tensos. Muito, muito tensos.

Este é o elemento mais improvável de retornar, haja vista o direcionamento que a Toei tem dado à franquia.

Quando eu vejo uma série de heróis, eu quero me segurar na cadeira e dizer Uau! Eu quero tensão. Quero medo de que os heróis percam e aconteça algo terrível com a Terra! Quero ver os heróis perderem algumas vezes, ou por algum tempo.

Nunca vou esquecer o terror que foi assistir àquele episódio de Kakuranger em que o Ninja Red precisa salvar os demais heróis que estão presos, enquanto precisa vencer sozinho as chatíssimas Hana no Kunoichi. Enquanto isso, os mechas lutavam terrivelmente também.

Eles perderam! - Foto: Reprodução internet

Ou ainda um episódio de Go GoV em que os heróis falham em vencer a tempo vilões que tinham espalhado bombas e acontece uma tragédia. É isso que eu quero Toei. Fala minha adrenalina subir com os roteiros do vindouro Jyuuouger.

Robôs destruídos

Não é muito diferente do item anterior, mas é mais específico. Não posso esquecer da emoção que foi ver em algum ponto dos anos 90 (sim, sou velho para caramba), o Flash King ser destruído em batalha. Ou o Great Five sendo tragado pela Terra.

Esse dia foi louco - Foto: Reprodução internet

Na atual fase cheia de gattais e robôs secundários, nem sei se haveria tensão em ver um robô destruído, pois os Sentais de hoje têm vários outros que podem lutar. Mas seria épico ver um mecha tombando derrotado e os heróis pelo menos um episódio vivendo o desespero de não ter como lutar contra monstros gigantes.

Episódios em que os heróis não conseguem se transformar

Falem o que quiserem sobre Zyuranger. Mas a verdade é que o momento em que eles não conseguem se transformar e precisam salvar o Daizyujin lutando só com suas próprias forças foi muito bom.

Xii! - Foto: Reprodução internet

Episódios finais em que alguma catástrofe faz os heróis perderem os poderes temporariamente sempre foram as coisas mais empolgantes para mim. É a hora em que eles precisam mostrar que são heróis, e em que eu preciso me segurar na cadeira.

Finais em que os vilões atacam, em vez de serem atacados

É sempre incrível ver os heróis indo travar a batalha final contra o vilão, invadindo sua base e o pau quebrando.

Mas quando é o vilão que lança o ataque final, e cabe aos heróis defenderem a Terra e vencerem, aí a emoção aumenta muito. A tensão aumenta. Não vou dar spoilers, mas... quem viu o final de Dekaranger sabe do que estou falando.

Bem, é isso. Acho que já ficou bem claro que o que eu mais quero no Sentai comemorativo vindouro é muita tensão, emoção e violência. E tenho quase certeza de que você que está lendo isso, assim como eu, imagina que é bem pouco provável que meu desejo se realize.

E você? Quais os acertos da Toei ao longo dos anos que você quer que ela repita em Doubutsu Sentai Jyuuouger?

Você também pode gostar

4 comentários

  1. Concordo! Gosto muito dos super sentai antigos como Change/Flash/Maskman que tinham o humor em doses pontuais (Nos momentos de descontração do grupo) e não na hora da porrada. Ali os heróis se concentravam em lutar e usar o seu arsenal sem piadinhas, gracinhas, etc. Você citou no outro post os Reds. Eu gostava do tom amargurado do Tsurugi/Dragon, da liderança do Jin/Red Flash e do Takeru/Red Mask. Pra mim, é como os vermelhos deveriam ser ainda hoje. Deixar o papel de cômico pro Blue ou Yellow, ter um Black sinistro e mais violento (Guy/Black Condor), hoje este papel em alguns casos é do 6º ranger..

    Nos sentais mais novos tem muita brincadeira durante TODO o episódio! Poxa, é chato.. fica parecendo Power Ranger! O pau comendo, os vilões destruindo tudo (com piadinhas também!) e no meio do combate, piadas e brincadeiras! Em alguns, o Red é abobalhado e/ou infantil (Jan/GekiRed). Em alguns, as White/Yellow/Pink são fúteis e bobas tb.

    A Toei precisa voltar a antiga essência que a meu ver não tinha nada de errado e claro, ir lapidando para evoluir! Estava muito bom! Lutas finais épicas do Red vs o General de campo rival (Dragon vs Buba), dramas com o equipamento falhando (Flashman), enfim! mais seriedade!!! O humor nos momentos em que estão "a paisana" era correto. (Ozora no karaokê) Na hora do combate, de resolver a trama, é estratégia e ação! Uma injeção de Kamen Rider Black nos Sentai seria excelente! É o que eu penso.

    ResponderExcluir
  2. ora de dar minha opinião:

    1 - Existe mais uma coisa que eu gostaria de acrescentar e que foi pouco - aliás, muito pouco MESMO, praticamente dois sentais que isso ocorreu (Changeman e Maskman)- e que na minha opinião, foram cartadas de mestre da Toei:

    não foram os heróis que receberam um "upgrade", mas os vilões!!!!!!

    Quem não ficou chocado quando a Rainha Ahames se banhou na aura energética da Nana, deixando ela muito mais poderosa??? O Mesmo com Giluke, que acabou se tornando o super Giluke, levando os Changeman ao limite???? O mesmo caso com Barrabás e Igan (Maskman)

    Quanto aos mechas destruídos, vale também lembrar do RVRobô (destruído duas vezes) e do VRVRobô, do OHRobô, e - é claro - da dramática derrota do Daizyujin e do Dragon Ceasar em Zyurager....

    são esses tipos de coisas, que fazem falta, como eu gostaria de ver um upgrade nos vilões novamente e mechas sendo derrotados, fazendo os heróis se virarem nos trinta para resolver...

    ResponderExcluir
  3. Cara é complicado...sou da geração que viu changeman e flashman nao curti Maskman que ainda sim e melhor que os atuais, dos ultimos anos curti Gokaiger mais pela nostalgia que pela serie propriamente dita,

    ResponderExcluir
  4. Concordo com a matéria e com as opiniões acima dadas por alguns dos leitores. Sentais de hoje são realmente difíceis, TQuger e Nininger eu simplesmente abandonei. Uniformes feios, temática mal aproveitada, roteiros fracos, Mechas com milhares de formações que você não consegue nem decorar os nomes dos Robôs. Seria isso tudo em nome de vender Brinquedos? Se for, será que não é possível contar uma boa historia, com ótimas cenas de ação.(vide Goseiger), Um visual bacana(Go-Buster) e ainda assim vender brinquedos? As pessoas dizem que as séries são feitas para crianças, mas ao meu ver, existe diferença em fazer séries para crianças e fazer séries bobas e sem vida. Mas infelizmente, não acredito que isso va melhorar.

    ResponderExcluir